Carlão quer triagem rigorosa no sorteio das casas para deficientes

Publicado em: 28 de novembro de 2017

Preocupado com os atuais critérios de distribuição de unidades habitacionais do CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano) do conjunto Pereira Barreto G, é que o vereador Carlos de Almeida Sales, o Carlão (PDT), apresentou a indicação nº 116, na Sessão Ordinária, realizada na segunda-feira, dia 27. Nela, ele propõe uma triagem mais rigorosa no sorteio. 

 De acordo com o parlamentar, o número de unidades reservadas a deficientes é pequeno. E, como sempre acontece, a demanda é maior que a oferta de unidades habitacionais.

"Para que se torne mais justa a distribuição das casas, é preciso que se proceda a uma triagem mais rigorosa, dando preferência a quem realmente precisa, ou, neste caso, a quem mais precisa.  Há casos de deficientes que não têm condições de morar sozinhos, e que atualmente moram com algum parente", justifica a indicação.

Ele explica ainda que, nesta situação, não seria interessante a doação para um deficiente nestas condições, quando o parente com quem mora já possui imóvel. "Seria mais importante a doação para um deficiente que consegue residir sozinho, ou que os responsáveis por cuidar dele também não possuam residência própria", finaliza.

 

 

Sala das Sessões Valdemir Suman, 27 de novembro de 2017.

 

 

 

 

CARLOS ALBERTO DE ALMEIDA SALLES

Vereador do PDT

 

 

 

 

 


Compartilhe essa notícia

WhatsApp

Publicado por: Assessoria de Imprensa

Cadastre-se e receba notícias em seu email