Alécio Bolonhin recebe título de cidadão pereirabarretense

Publicado em: 30 de novembro de 2019

Nesta sexta-feira (29), a Câmara Municipal realizou sessão solene para outorgar o título de cidadão honorário pereirabarretense ao senho Alécio Bolonhin, o conhecido sorveteiro da Praça da Bandeira.

O cerimonial contou com a presença da família e autoridades. A orquestra caipira de Pereira Barreto, liderada pelo maestro Wellington, abrilhantou a solenidade com músicas raiz, já que o homenageado também é violeiro.

De acordo com o vereador Cléber Mariani (MDB), autor do projeto, homenagear Alécio é valorizar a história do homem simples, humilde e batalhador que contribui para Pereira Barreto. "Há, entre nós, muitas pessoas que vivem no anonimato, mas que contribuem para o desenvolvimento econômico, histórico e cultural de nossa cidade", explica. 

História

Nascido em Barra Dourada no dia 1º de janeiro de 1943, o comerciante iniciou sua trajetória em Pereira Barreto em 1986, em busca de novas oportunidades em, apostando em um mercado promissor e com potencial de crescimento para o seu empreendimento, além de ficar próximo do seu irmão Dionísio Bolonhin. No mesmo ano, passou a trabalhar na Praça da Bandeira, na esquina próximo a Agência da Caixa Federal, atualmente Cartório do Marquinho - Tabelionato de Notas e de Protestos, e também na Praia Municipal Pôr-do-Sol, desde a sua inauguração. Ele permaneceu até o fim de 2012, quando o balneário foi fechado para reformas.

Buscando melhorar o atendimento do seu negócio, Alécio aproveitou a inauguração da Agência do Banco do Povo em maio de 2001, e conseguiu um financiamento para aquisição de uma nova máquina de sorvete, um veículo para transportar os equipamentos adquiridos, inclusive recebendo o cheque das mãos do Governador Estadual na época, Geraldo Alckmin, na solenidade de inauguração da agência em Pereira Barreto.

 

 

 

 


Cadastre-se e receba notícias em seu email